ANÁLISE DO PROCESSO INFLACIONÁRIO E DO SALÁRIO MÍNIMO NA EVOLUÇÃO RECENTE DA ECONOMIA BRASILEIRA

  • Francisco Iuan de Albuquerque Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
  • Hélio da Silveira Reis Júnior Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
  • Kaliny Kélvia Pessoa Siqueira Lima Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA

Resumo

O estudo tem a importância de analisar o processo inflacionário brasileiro através de uma série temporal de 20 anos, compreendendo o período de jan/1995 a jan/2015, destacando os impactos a atividade econômico. Utilizando-se do INPC como medida de aferição da inflação e dos valores nominais do salário mínimo dos governos FHC, Lula e Dilma, os dados secundários foram adquiridos através da base de dados do IPEADATA e DIEESE, onde os resultados representam o reajuste nominal e real praticado no período. Ressaltou-se por fim a necessidade de políticas de valorização do salário mínimo, como forma de promover constantemente a melhoria da distribuição de renda do país.

Biografia do Autor

Francisco Iuan de Albuquerque, Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
Graduado do Curso de Administração da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA
Hélio da Silveira Reis Júnior, Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
Professor do Curso de Administração da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. 
Kaliny Kélvia Pessoa Siqueira Lima, Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
Professora do Curso de Administração da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. 

Referências

MALVA FILHO, G. Salário Mínimo: Uma Justificativa Teórica e Social. 2007. SOJ. Monografia (Economia) Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

OSADA, R.P. Salário Mínimo versus Desigualdade de Renda no Brasil. 2008. 76f. Monografia (Curso de Bacharelado em Ciências Econômicas) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

Publicado
2017-08-01
Seção
Ciências Sociais e Aplicadas