GRUPOS DE IDOSOS COMO ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Maria Thayane Jorge Freire UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
  • Maria Girlane Sousa Albuquerque Brandão UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
  • Milenna de Mesquita Braga UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
  • Raiara Aguiar Silva UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
  • Cibelly Aliny Siqueira Lima Freitas UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ

Resumo

Este estudo tem por objetivo relatar a experiência de acadêmicos de enfermagem em intervenções de educação em saúde, em um Serviço de Convivência e Formação de Vínculos do Idoso de um Centro de Referência e Assistência Social - CRAS, localizado no município de Sobral, Ceará. Trata-se de um estudo descritivo do tipo relato de experiência, de epistem qualitativa, que envolveu o desenvolvimento de oficinas de Educação em Saúde, permeado pelo Módulo de Práticas Interdisciplinares em Ensino, Pesquisa e Extensão do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA e efetivado no intervalo temporal de maio a julho de 2016. O público alvo envolveu 28 idosos com idade entre 60 e 80 anos, participantes do grupo de idosos. Foram realizadas 11 oficinas educativas, implementadas segundo metodologia participativa, baseada em técnicas lúdicas, vivências e dinâmicas de grupo, explanando sobre a promoção de estilos de vida saudáveis, higiene e saúde, atividades de memorização, oficinas de relaxamento, de educação em saúde e da promoção da avaliação da autoimagem. Os encontros vivenciados com o grupo de idosos possibilitaram a criação de um campo para a prática da interação de acadêmicos com a terceira idade, difundindo ações em saúde, excitando a extensão que a Universidade almeja, estimulando o autocuidado e fornecendo conhecimentos aos idosos participantes.

Biografia do Autor

Maria Thayane Jorge Freire, UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. 
Maria Girlane Sousa Albuquerque Brandão, UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA.
Milenna de Mesquita Braga, UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA.
Raiara Aguiar Silva, UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA.
Cibelly Aliny Siqueira Lima Freitas, UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ

Enfermeira. Pós - Doutora em enfermagem pela Universidade Federal do Paraná/Curitiba. Docente de Enfermagem na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Referências

ASCENCIO, T.S; CONSTANZA, P. A influência do exercício físico sobre o nível de autoestima dos idosos. Revista UNINGÁ Review. Vol.24,n.1,pp.98-103. (Out-Dez 2015). Disponível em:< https://www.mastereditora.com.br/periodico/20151006_133042.pdf >. Acesso em 10 de Novembro de 2017.

CARNEIRO, L.A.F Envelhecimento populacional e os desafios para o sistema de saúde brasileiro [recurso eletrônico] / Instituto de Estudos de Saúde Suplementar – São Paulo: IESS [org], 2013. Disponível em: < https://www.ibedess.org.br/imagens/biblioteca/939_envelhecimentopop2013.pdf >. Acesso em 15 de Novembro de 2017.

CARNEIRO, R. F.; SILVA, N. C.; ALVES, T. A. et al. Educação sexual na adolescência: uma abordagem no contexto escolar. SANARE, Sobral, v .14, n. 01, p. 104-108, 2015. Disponível em: < https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/view/617/334 >. Acesso em 15 de Novembro de 2017.

DALMOLIN, I.S; LEITE, M.T; HILDEBRANDT, L.M. et al. A importância dos grupos de convivência como instrumento para a inserção social de idosos. Rev Contexto Saúde 2011;10(20):1-4. Disponível em: < https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoesaude/article/viewFile/1594/1340 >. Acesso em 16 de Novembro de 2017.

DOMINGUES, P.S; DAHER, D.V; PINTO, A.A. Health education as a possibility for health promotion of men. Rev enferm UFPE on line. 2012;6(12):3034-40. Disponível em:< https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/7716 >. Acesso em 20 de Novembro de 2017.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à pratica educativa. São Paulo: Paz e Terra; 2010.

GRANDE, P.H.A. Avaliação neuropsicológica das funções executivas em idosos com comprometimento cognitivo leve e demência do tipo alzheimer: um estudo comparativo. Programa de Pós-Graduação em Psicologia – Mestrado. Linha de Pesquisa: Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica. Curitiba, 2013. Disponível em: < http://www.humanas.ufpr.br/portal/psicologiamestrado/files/2012/05/Paulo-Henrique-Grande-Dissetacao1.pdf >. Acesso em 20 de Novembro de 2017.

LACERDA A.B.M; SOARES, V.M.N; GONCALVES, C.G.O et al. Oficinas educativas como estratégia de promoção da saúde auditiva do adolescente: estudo exploratório. Audiol., Commun. Res. vol.18 no.2 São Paulo Apr./June 2013. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2317-64312013000200006>. Acesso em 24 de Novembro de 2017.

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Mudança Demográfica no Brasil no Início do Século XXI. Diretoria de Pesquisas. Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estudos e Análises. Informação Demográfica e Socioeconômica. Número 3. Rio de Janeiro, 2015.

MIRANDA, G.M.D; MENDES, A.C.G; SILVA, A.L.A. O envelhecimento populacional brasileiro: desafios e consequências sociais atuais e futuras. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. On-line version ISSN 1981-2256. vol.19 no.3 Rio de Janeiro May/June 2016. Disponível em: <http://www.redalyc.org/html/4038/403846785012/>. Acesso em 10 de Novembro de 2017.

Publicado
2018-07-12
Seção
CIências da Saúde