INCIDÊNCIA DE SÍFILIS CONGÊNITA NO MUNICÍPIO DE SOBRAL, CE, NO PERÍODO DE 2007 A 2013.

  • Wyarlenn Divino Machado Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
  • Maria Socorro de Araújo Dias Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
  • Sandra Maria Carneiro Flôr Vigilância Epidemiológica de Sobral

Resumo

O estudo objetiva identificar o número de casos notificados de sífilis congênita no município de Sobral, Ce, no período de 2007 a 2013. Trata-se de uma pesquisa retrospectiva com abordagem quanti-qualitativa, desenvolvida no Serviço de Vigilância Epidemiológica de Sobral, no período de outubro a novembro de 2013. A amostra foi composta por todos os casos confirmados de sífilis congênita, coletados através do Sistema de Informação de Agravos de Notificação e tabulados utilizando a ferramenta de tabulação Tabwin e Programa Excel 2010. Os resultados revelaram, na cidade de Sobral, que o número de casos de sífilis congênita apresentou altos valores de notificação, despertando preocupação para as autoridades de saúde. A cidade, até novembro de 2013, já notificou 42 casos da doença, comprovando um sério descontrole na situação de saúde e deixando clara a necessidade de implementação da gestão pública na orientação e busca de soluções para essa realidade. Mediante a ideia apresentada, a sífilis congênita se configura como sério problema de saúde pública local havendo a necessidade da luta incessante de todos os envolvidos nos serviços de saúde. No tocante, o repasse desses indicadores a todas as equipes de saúde e um planejamento para a criação de estratégias de educação em saúde que também contemple as dificuldades das equipes no enfrentamento da identificação dos casos, ajudaria a esclarecer e subsidiar ações de promoção da saúde e prevenção da sífilis congênita.

Biografia do Autor

Wyarlenn Divino Machado, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
Discente do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. Bolsista do Programa de Educação pelo Trabalho em Saúde – PET/Saúde.
Maria Socorro de Araújo Dias, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
Enfermeira. Docente do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará – UFC
Sandra Maria Carneiro Flôr, Vigilância Epidemiológica de Sobral
Enfermeira. Gerente da Vigilância Epidemiológica de Sobral, Ce. Preceptora do PET-Saúde/VS. Especialista em Vigilância Epidemiológica.

Referências

ARAÚJO, C.L. et al. Incidência de sífilis congênita no Brasil e sua relação com a Estratégia Saúde da Família. Rev. Saúde Pública vol. 46 n.3 São Paulo, 2012.

BRASIL, Ministério da Saúde. Coordenação Nacional de DST e AIDS. Projeto

de eliminação de sífilis congênita. Manual de assistência e vigilância epidemiológica.

Brasília. 1998.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST/AIDS. Diretrizes para controle da sífilis congênita: manual de bolso. 2 – ed. Brasília, 2006.

CAMPOS, A.L.A. et al. Epidemiologia da sífilis gestacional em Fortaleza, Ceará, Brasil: um agravo sem controle. Cad. Saúde Pública vol. 26 no.9 Rio de Janeiro, 2010.

CASAL, C. A. D.; ARAÚJO, E. C.; CORVELO, T.C.O. Aspectos imunopatogênicos da sífilis materno-fetal: Revisão de literatura. Rev. Para. Med. 2012.

COSTA, C.C. et al. Sífilis congênita no Ceará: análise epidemiológica de uma década. Rev. Esc.enferm USP vol.47 no.1 São Paulo, 2013.

DOMINGUES, R.M.S.M.et al. Sífilis congênita: evento sentinela da qualidade da assistência pré-natal. Rev. Saúde Pública vol.47 n.1 São Paulo, 2013.

LIMA, M.G. et al. Incidência e fatores de risco para sífilis congênita em Belo Horizonte, Minas Gerias, 2001-2008. Ciênc. Saúde coletiva vol.18 n.2 Rio de Janeiro, 2013.

MELO, N.G.D.O.; FILHO, D.A.M.; FERREIRA, L.O.C. Diferenciais intraurbanos de sífilis congênita no Recife, Pernambucano, Brasil (2004-2006). Epidemiol. Serv. Saúde v. 20 n. 2 Brasília, 2011.

MESQUITA, K.O. et al. Análise dos casos de sífilis congênita em Sobral, Ceará: Contribuições para assistência pré-natal. DST –J bras Doenças Sex Transm. 2012.

MESQUITA, K.O. et al. Perfil epidemiológico dos casos de sífilis em gestante no município de Sobral, Ceará, de 2006 a 2010. SANARE, Sobral, v.11. n.1, 2012.

Publicado
2016-03-30
Seção
CIências da Saúde