O TRABALHO FLEXÍVEL COMO FERRAMENTA PARA PRODUTIVIDADE, UM ESTUDO JUNTO A TUTORES DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

  • Elvia Florencio Torres Ximenes Universidade Federal do Piauí/Educação a Distância
  • Liliane Araujo Pinto Universidade Federal do Piauí
  • Maria do Socorro Silva Mesquita Faculdade Luciano Feijão (FLF).

Resumo

A Era da Informação tem proporcionado flexibilidade na educação, viabilizando a execução dos cursos a distância. Nesse contexto, o tutor estabelece o elo entre universidades e alunos. Diante disso, a presente pesquisa tem o propósito de analisar a flexibilidade no trabalho dos tutores de uma universidade federal. Os dados foram processados no SPSS, o que viabilizou o uso de técnicas da estatística descritiva, análise de frequência e teste de proporção. Com isso, constatou-se a flexibilidade na jornada de trabalho quanto ao tempo e ao espaço. Por fim, observou-se que a maioria dos profissionais associa o trabalho flexível à maior produtividade.

Biografia do Autor

Elvia Florencio Torres Ximenes, Universidade Federal do Piauí/Educação a Distância
Mestre em Engenharia da Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Professora Efetiva da Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Liliane Araujo Pinto, Universidade Federal do Piauí
Liliane Araújo Pinto - Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Professora efetiva da Universidade Federal do Ceará
Maria do Socorro Silva Mesquita, Faculdade Luciano Feijão (FLF).
Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Professora da Faculdade Luciano Feijão (FLF).
Publicado
2015-08-06
Seção
Ciências Sociais e Aplicadas