O TEMPO E O ESPAÇO NA OBRA "EURICO, O PRESBÍTERO", DE ALEXANDRE HERCULANO

  • Maria Elisalene Alves dos Santos Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
  • Carla Soares de Oliveira Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA

Resumo

O presente artigo pretende discutir, através de pesquisa bibliográfica, acerca de dois elementos narratológicos, o tempo e o espaço, na obra "Eurico, o Presbítero", de Alexandre Herculano. O principal objetivo do estudo compreende focalizar a marca da indissociabilidade existente em ambos os elementos, utilizando a noção de cronotopia
desenvolvida pelos estudos bakhtinianos. A fundamentação teórica embasa-se em autores
da área de linguística e da crítica literária como Bakhtin (1994), Machado (1995), Moisés
(1985), entre outros.

Biografia do Autor

Maria Elisalene Alves dos Santos, Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Professora de Literatura
Portuguesa da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA.
Carla Soares de Oliveira, Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA

Graduada em Letras - Habilitação em Língua Portuguesa - pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA.

Referências

ARAGÃO, Maria Lúcia. Gêneros literários. In: SAMUEL, Rogel (Org.). Manual de Teoria Literária. Petrópolis: Vozes, 1985.

ARISTÓTELES, HORÁCIO, LONGINO. A poética clássica. São

Paulo: Cultrix/Edusp, 2000.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. Trad. Maria Ermantina Galvão G.Pereira. 2a ed. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

GANCHO, Cândida Vilhares. Análise da Narrativa. São Paulo: Ática, 1999.

GOMES, Álvaro Cardoso; VECHI, Carlos Alberto. A Estética Romântica. São Paulo:

Atlas, 1992.

HERCULANO, Alexandre. Eurico, o Presbítero. São Paulo: DCL, 2010.

MACHADO, Irene A. O Romance e a Voz: a prosaica dialógica de M. Bakhtin. Rio

de Janeiro: Imago, Ed. São Paulo: FAPESP, 1995 (Série Diversos).

MOISÉS, Massaud. História da Literatura Brasileira. São Paulo: Cultrix, 1985.

NUNES, Benedito. O Tempo na Narrativa. São Paulo: Ática, 1988.

REUTER, Yves. A Análise da Narrativa: o texto, a ficção e a narração. Trad. Mario

Pontes. Rio de Janeiro: DIFEL, 2002.

SCHÜLER, Donaldo. Teoria do Romance. São Paulo: Ática, 2000.

SPINA, Segismundo. Introdução à Poética Clássica. 2a ed., ver. São Paulo: Martins

Fontes, 1995.

VECHI, Carlos Alberto. Preliminares. In: MOISÉS, Massaud (Org.). A Literatura

Portuguesa em Perspectiva. São Paulo: Atlas, 1994.

Publicado
2016-03-30
Seção
Ciências Humanas