ANÁLISE DO PERFIL DAS PUBLICAÇÕES SOBRE AFETO E PATRIMÔNIO CULTURAL NO BRASIL

An overview of publications in Brazil

Resumo

Este artigo busca contribuir com as discussões produzidas acerca do patrimônio cultural ao articular esse dispositivo de preservação de identidades e memórias com a dimensão dos afetos. Na discussão teórica problematiza a questão relacionada ao patrimônio cultural como elemento complexo e polissêmico que condiciona as paisagens urbanas não apenas por suas propriedades regularmente conhecidas, mas também por mobilizar aspectos profundos da subjetividade humana, no caso os afetos. Este artigo de revisão  traz como objetivo analisar a produção acadêmica, sob forma de artigo, que contempla a discussão do patrimônio cultural e afetos, publicada em periódicos brasileiros entre os anos de 2000 a 2019. Foram selecionados 11 artigos a partir dos descritores: patrimônio cultural, psicologia, afetos, tombamento e cidades históricas. Verificou-se que a maioria dos autores dos artigos são do sexo masculino; a área de formação dos autores é predominantemente da psicologia; os periódicos são na sua maioria da região Sul e Sudeste; quanto ao campo de conhecimento dos periódicos, prevalecem campos diversos, seguidos pela área da psicologia; o qualis B1 abriga a maior parte do material analisado; e o portal de periódico Capes concentra a maior parte dos artigos identificados. A pesquisa revelou importantes aspectos acerca da produção acadêmica no Brasil em relação às discussões sobre patrimônio e às questões da afetividade.

 

Biografia do Autor

José Reginaldo Feijão Parente, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Psicólogo Docente do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Doutor pela Universidad del Mar – Chile.

Zulmira Áurea Cruz Bomfim, Universidade Federal do Ceará

Psicóloga Docente do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutora pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 

Publicado
2020-06-17
Seção
Ciências Humanas