QUALIDADE DE VIDA DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE DA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA DE UM HOSPITAL DA REGIÃO NORTE DO CEARÁ

Resumo

O estudo objetiva descrever a qualidade de vida dos profissionais da urgência e emergência por meio do questionário genérico sf-36 da Urgência e emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral-CE. Trate-se de uma pesquisa de abordagem quantiqualitativa. Primeiramente seguiu o levantamento do diagnóstico da qualidade de vida dos profissionais de saúde. Para complementar, adotou-se um estudo de desenho transversal, descritivo. Considerou-se alguns pressupostos da pesquisa-ação apresentados por Thiollent. Diante dos achados, verificou-se uma correlação estatisticamente significante nos domínios Vitalidade, Saúde Mental, Estado Geral de Saúde, Capacidade Funcional e Aspectos Físicos, e na dimensão Mental. Na parte interventiva, percebeu-se que diversos processos emocionais e físicos foram desencadeados pelos procedimentos realizados, houve um misto de sentimentos e sensações positivas, alívio do estresse, diminuição da dor, relaxamento, liberação da tensão muscular e impacto na autoestima. Espera-se que este trabalho, influencie em novas estratégias de cuidado voltado para os participantes, visando à promoção da saúde e consequentemente na qualidade de vida.

Biografia do Autor

Roberlandia Evangelista Lopes, Faculdade Alencarina (FAL), Sobral, Ceará, Brasil.

Enfermeira. Doutora em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Coordenadora do Curso de Enfermagem da Faculdade Alencarina (FAL), Sobral, Ceará, Brasil.

Carlos Romualdo de Carvalho e Araújo, Secretaria da Saúde de Sobral/CE
Enfermeiro. Mestrando em Saúde da Familia pela UFC.
Jessica Patrícia Teles Brandão , Centro Universitário INTA (UNINTA), Sobral (CE), Brasil.

Enfermeira pelo Centro Universitário INTA (UNINTA), Sobral (CE), Brasil.

Perpétua Alexsandra Araújo, Centro Universitário INTA (UNINTA), Sobral (CE).

Enfermeira. Mestre em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente do Centro Universitário INTA (UNINTA), Sobral (CE), Brasil.

Maria Janileila da Silva Cordeiro, Universidade Federal do Ceará (UFC). Sobral, Ceará.

Enfermeira. Mestranda em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Sobral, Ceará.

Francisco Willian Melo de Sousa, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Graduando em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Sobral, Ceará.

Publicado
2021-01-15
Seção
CIências da Saúde