AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIÊNICO- SANITÁRIAS DOS SUCOS DE LARANJA IN NATURA COMERCIALIZADOS EM LANCHONETES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ (UVA)

  • Raquel Oliveria dos Santos Fontenelle Universidade Estadual Vale do Acaraú, UVA
  • Francisca Rosilane Lucas Alves
  • Ana Bruna de Araújo

Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar as condições higiênico-sanitárias dos sucos de laranja in natura comercializadas em lanchonetes na Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA. Foram realizadas quatro coletas de sucos de laranja in natura para realização de análises microbiológicas. As amostras foram submetidas a contagem do Número Mais Provável
(NMP) de coliformes totais e coliformes termotolerantes, além de contagem de microrganismos aeróbios mesófilos. O NMP de coliformes totais nas amostras coletadas nos três pontos variou de >3,0 a 1,1x10 3 NMP/ml, enquanto que 4 das 12 amostras analisadas encontravam-se com NMP de coliformes termotolerantes acima do limite preconizado pela legislação, que é de 10 2 NMP/ml, e o número de bactérias aeróbias mesófilas variou de 1,45x10 3 a 8,8x10 2 UFC/ml. Portanto, uma maior atenção e controle deve ser dada em
relação à higiene sanitária dos manipuladores e equipamentos dessas lanchonetes.
Publicado
2015-07-16
Seção
Ciências Biológicas