FUNGOS ASSOCIADOS A SEMENTES DE PINHÃO MANSO ( JATROPHA CURCAS L. )

  • Erivanda Silva de Oliveira Universidade Federal do Ceará, UFC
  • Sebastião Medeiros Filho
  • Paulo Roberto Gagliardi

Resumo

Diante da importância da utilização do pinhão manso (Jatropha curcas L.) no programa brasileiro de produção de biodiesel e da deficiência de informações a respeito da sanidade das sementes dessa espécie no estado do Ceará, foi desenvolvido o presente trabalho com o objetivo de avaliar o estado sanitário de sementes provenientes de três municípios  (Fortaleza, Quixadá e Pentecoste). As sementes (com ou sem desinfestação superficial)
foram analisadas quanto à sua capacidade germinativa, detecção e identificação dos fungos, e as mudas, quanto à patogenicidade de Lasiodiplodia theobromae. Detectou-se que Aspergillus sp., Colletotrichum sp. e L. theobomae foram os fungos de maior incidência  em sementes não submetidas a desinfestação. Sementes desinfestadas apresentaram uma  redução nas espécies de fungos, com exceção de L. theobomae. Na germinação  Aspergillus sp e L. theobromae foram os fungos com maior incidência. Verificou-se a patogenicidade de L. theobromae em mudas de pinhão manso.

Biografia do Autor

Erivanda Silva de Oliveira, Universidade Federal do Ceará, UFC
Fitotecnia, Fitossanidade
Publicado
2015-07-16
Seção
Ciências Agrárias