AS PERCEPÇÕES DE GESTORES E PROFESSORES SOBRE AS AVALIAÇÕES EXTERNAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE SENADOR SÁ (CE)

  • Regina Cunha de Andrade
  • Israel Rocha Brandão

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar as percepções de gestores e professores de uma escola pública localizada em Senador Sá (CE) acerca dos impactos das avaliações externas. A investigação, de cunho qualitativo, foi realizada no período de abril a outubro de 2012, e define-se metodologicamente como um estudo de caso. Os principais informantes foram cinco gestores e cinco professores da escola citada. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram o questionário e a análise documental. Do ponto de vista teórico, o trabalho considera as contribuições de autores como Lima (2007), Libâneo (2008), Luckesi (2009), Horta Neto (2010), entre outros. Os resultados demonstraram que as avaliações buscam obter informações sobre a qualidade do ensino ofertado. Os sujeitos da pesquisa acreditam que elas têm proporcionado melhorias na aprendizagem dos alunos, porém também têm ocasionado alguns malefícios, como estimular o ensino somente de português e matemática. Os indicadores do 2o ano estão melhorando significativamente, mas o mesmo não se pode dizer do 5o e 9o anos, que se encontram respectivamente em situação intermediária e crítica.
Publicado
2015-07-16
Seção
Ciências da Educação