ASPECTOS CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICOS DE PACIENTES COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO SUBMETIDOS À ANGIOPLASTIA CORONARIANA PRIMÁRIA

Resumo

Objetiva-se descrever o perfil clínico-epidemiológico de pacientes com infarto agudo do miocárdio submetidos à intervenção coronariana percutânea primária, em um hospital de referência em cardiologia no norte do Ceará.  Trata-se de uma pesquisa documental, descritiva com abordagem quantitativa. Os dados foram obtidos a partir da busca ativa de dados estatísticos do sistema de informação interno do hospital, de janeiro a dezembro de 2018, constituindo-se de 339 prontuários para análise. Os resultados evidenciaram média de idade dos pacientes de 65 anos, com prevalência do sexo masculino- 76% (257). As principais artérias tratadas foram as coronárias descente anterior e seus ramos diagonais, em 62,2% (211) dos casos. 57% (193) das punções foram realizadas na artéria radial e 11,8% (40) dos pacientes evoluíram para óbito após 48 horas do procedimento. Os achados reforçam as características identificadas na literatura e permitem traçar melhores estratégias de rastreamento dos desfechos das cardiopatias isquêmicas, ao passo que o monitoramento dessas informações pode subsidiar comprobatórias que reforçam a importância da prevenção primária e secundária de tais patologias.

Biografia do Autor

Francisco Ariel Santos da Costa, Hospital ProntoCardio

Enfermeiro. Especialista em Enfermagem Cardiovascular e Hemodinâmica (UECE). Mestrando em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (UECE). Hospital ProntoCardio, Fortaleza-CE.

Vera Lucia Mendes de Paula Pessoa, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira. Doutora e Mestre em Enfermagem (UFC). Docente da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Kairo Cardoso da Frota, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Estudante de Graduação em Enfermagem. Membro da Liga de Enfermagem em Cardiologia de Sobral (LECARDIO). pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Dariane Veríssimo de Araújo, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Estudante de Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Membro da Liga de Enfermagem em Cardiologia de Sobral (LECARDIO).

Vitória Sales de Almeida

Estudante de Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Membro da Liga de Enfermagem em Cardiologia de Sobral (LECARDIO).

Publicado
2020-06-17
Seção
CIências da Saúde