PREVENÇÃO DO CÂNCER DE COLO DE ÚTERO NA PERCEPÇÃO DE ENFERMEIROS DA ATENÇÃO BÁSICA

  • Patrícia Pereira Furtado Centro Universitário INTA
  • Francisca Alanny Rocha Aguiar Centro Universitário INTA
  • Glícia Mesquita Martiniano Mendonça Universidade Estadual do Ceará
  • João Víctor Lira Dourado Universidade Federal do Ceará
  • Antonio Rodrigues Ferreira Júnior Universidade Estadual do Ceará

Resumo

Objetivou-se compreender as ações de prevenção do Câncer de Colo de Útero no contexto da Estratégia Saúde da Família a partir da percepção de enfermeiros. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, realizado em 2017 em município de médio porte da região norte do estado do Ceará, Brasil. Para coleta de informações, utilizou-se da entrevista semiestruturada com 16 enfermeiros em um espaço reservado do serviço de saúde para a garantia da privacidade. Após a análise temática, foram elaboradas quatro categorias discursivas com relação a colaboração dos agentes comunitários de saúde para ampliação da cobertura, adesão das mulheres ao exame de preventivo no serviço de saúde, os tabus ainda presentes enfrentados para a prevenção do câncer e controle de resultados dos exames de prevenção. Há necessidade de equipe de saúde identificar em sua área adstrita a população de maior risco para que possam adotar medidas efetivas conforme as particularidades da comunidade.

Biografia do Autor

Patrícia Pereira Furtado, Centro Universitário INTA

Enfermeira pelo Centro Universitário INTA (UNINTA).

Francisca Alanny Rocha Aguiar, Centro Universitário INTA

Mestre em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutora em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Docente do curso de Enfermagem do Centro Universitário INTA (UNINTA).

Glícia Mesquita Martiniano Mendonça, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Mestre em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

João Víctor Lira Dourado, Universidade Federal do Ceará

Enfermeiro pelo Centro Universitário INTA (UNINTA). Mestrado em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Antonio Rodrigues Ferreira Júnior, Universidade Estadual do Ceará

Doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Docente do Programa de Pós-graduação da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Publicado
2021-07-09
Seção
CIências da Saúde